O Brasil todo assistiu a cidade de São Paulo - epicentro da pandemia de coronavírus no país - assinar uma medida que antecipou os feriados de Corpus Christi e da Consciência Negra para os dias 20 e 21 de maio, declarando ainda a sexta-feira, 22, como ponto facultativo.


Em paralelo, o governo do estado adiantou o feriado de 9 de julho, que comemora a Revolução Constitucionalista, para a segunda-feira, dia 25 do mesmo mês.


O objetivo? Incentivar o distanciamento social, diminuir a circulação de pessoas e, assim, frear o avanço da doença.


Só que o feriado prolongado teve outras consequências, inclusive sobre o mercado de e-commerces. E nós viemos mostrar alguns desses desdobramentos para você. 


Para isso, entre os dias 20 e 25 de maio, analisamos o comportamento dos consumidores virtuais de São Paulo e das cidades vizinhas que aderiram ao feriado, comparando essa performance aos resultados alcançados na semana anterior e no período equivalente do ano passado.


Bora ver?

Enquanto algumas categorias se saíram bem, outras nem tanto... 🤷‍♂️

A variação no tráfego

Bebidas

+140% visitas

Moda e Acessórios

+38% visitas

Multicategoria

+53% visitas

Beleza

-8% visitas

Casa e Construção

-19% visitas

Eletrodomésticos e eletroportáteis

-11% visitas

Dados referente a base Social Miner* - Período comparativo: 20 à 25/05/20 vs 13 à 18/05/20

Tradicionalmente, o engajamento no varejo online cai em dias de folga do consumidor. E foi exatamente o que aconteceu neste “feriado” com categorias como Beleza e Casa e Construção. 


No entanto, segmentos como Moda e Acessórios e Multicategoria desafiaram as expectativas e registraram um aumento no volume de visitas


Esta é, aliás, uma oportunidade para que as empresas cadastrem e identifiquem novos leads, abrindo seu leque de canais de comunicação com esse público que já demonstrou interesse na marca e, portanto, tem mais chances de conversão.

E, por falar em conversão...

Bebidas

+54% taxa de conversão

Eletrodomésticos e eletroportáteis

+16% taxa de conversão

Beleza

-23% taxa de conversão

Casa e Construção

-19% taxa de conversão

Dados referente a base Social Miner* - Período comparativo: 20 à 25/05/20 vs 13 à 18/05/20


Além de apresentar um crescimento no tráfego, Bebidas não perdeu nada nas vendas. Pelo contrário: a taxa de conversão da categoria teve uma variação positiva de 54%.

E o que não mudou (muito)?

A gente não vê muita diferença na distribuição das visitas dos e-commerces ao longo dia, seja em relação à semana anterior ao feriado, seja em relação ao mesmo período de 2019. O mesmo acontece em relação ao uso do computador (desktop) ou dispositivos móveis, como celular. 


Isso significa que, no que diz respeito ao consumidor, ele manteve seus hábitos, recorrendo aos sites nas mesmas horas de sempre.

Já nas conversões, o pico que anteriormente ocorria às 20h, passa para as 18h, o que pode estar relacionado a disponibilidade do consumidor que, por não ter passado o dia trabalhando ou ocupado em tarefas cotidianas, teve mais tempo para ponderar sobre produtos e ofertas, e pôde antecipar sua decisão de compra.


Curtiu esses dados e quer saber mais sobre as mudanças no comportamento do consumidor nos últimos meses? 👉

Vem conferir nossos estudos